II Encontro das Juventudes Rurais do Bico do Papagaio supera expectativas dos participantes

Por: Elves Felipe

Fotos: Aldimar de Souza, Everton Brito e Jovens em Comunicação

A beira das margens do rio Tocantins a comunidade quilombola Carrapiché localizada no município de Esperantina (TO) aos poucos foi ganhando cor com a presença da diversidade de jovens que foram participar do II Encontro das Juventudes Rurais do Bico do Papagaio, entre os dias 24 a 26 de agosto, formando o arco-íris agroecológico com as cores verde, laranja, azul e preto (cores da Rede Bico Agroecológico).IMG_8228.JPG

Para muitos que participavam do evento era a primeira vez que visitavam uma comunidade quilombola. Logo, no primeiro dia de encontro a juventude puderam conhecer a historia da comunidade, a cultura e a forma de vida dos quilombolas. Segundo, o vice presidente da comunidade Carrapiché, Antônio Pereira de Jesus, conhecido como Piolho, receber as juventudes do Bico em sua casa é uma maravilha. “Me sinto feliz em ver a juventude se interessando pela agroecologia’’, diz.IMG_8324.JPG

O encontro reuniu 129 jovens de diferentes identidades: assentados, agricultores familiares, quilombolas, sem terra, quebradeiras de coco e pescadores, de municípios e comunidades rurais do Bico do Papagaio e do Maranhão. Com o tema ‘projeto de vida, agriculturas familiares e agroecologia’ os jovens tiveram novos conhecimentos em relação  a essa forma de produção que não prejudica o meio ambiente.IMG_8834.JPG

Segundo Jaqueline Soares Ferreira, moradora da comunidade Lago Verde, zona rural de Axixá do Tocantins, o encontro superou suas expectavas, pois ao chegar ao local teve uma visão diferente sobre a juventude rural da região. Ela conta que é a primeira vez que foi a uma comunidade quilombola e achou os jovens unidos.IMG_8940.JPG

No encontro os participantes refletiram sobre os problemas enfrentados pelas juventudes do campo como falta de oportunidades, acesso a educação, cultura, esporte, preconceito e reconhecimento por parte da sociedade. Além de debater formas de como mudar essa situação que contribui para o êxodo da juventude rural.IMG_9135.JPG

As oficinas temáticas abordaram juventude e politica, juventude e cultura, juventude e agroecologia, juventude e relações sociais de gênero, juventude terra, território e bem viver e juventude e comunicação. Elas tinham como objetivo oferecer aos participantes um espaço de discussão sobre suas vocações, realidades e sonhos.IMG_9219.JPG

“O encontro representa a comunicação, o fortalecimento do movimento agroecológico. Além de possibilitar conhecer as juventudes que fazem a agroecologia’’, destaca Giuseppe Bandeira, do GT da juventude da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA). Ele conta que é a primeira vez que vem ao Bico do Papagaio e que no encontro conheceu  jovens empolgantes que vai levar para sua formação profissional e pessoal.IMG_8849.JPG

O II Encontro das Juventudes Rurais do Bico do Papagaio foi organizado pela Rede Bico Agroecológico, que é composta pela APA-TO, Associação Regional das Trabalhadoras Rurais do Bico do Papagaio (ASMUBIP), Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Tocantins (FETAET), Sindicatos Rurais da Região, entre outras instituições.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s