5° Jornada Universitária em defesa da Reforma Agrária é realizada na UFT campus de Tocantinópolis

Por: Elves Felipe

Imagens: José Barbosa, Hilário Oliveira e Ruan Tavares

Com o objetivo em debater temas vinculadas à reforma agrária, como direito à terra e território, educação no campo e agroecologia, foi realizada entre os dias 16 a 18 de maio na Universidade Federal do Tocantins (UFT) campus de Tocantinópolis a 5° Jurnada Universitária em defesa da Reforma Agrária (JURA).

20190516_104731.jpg

Este ano o JURA teve como tema “Nosso nome é resistência, tira a mão dos nossos territórios” que buscou refletir sobre os impactos dos grandes empreendimentos na região do Bico do Papagaio que prejudicam as comunidades rurais que ali vivem. O evento contou com apresentações culturais, rodas de conversas e oficinas.

A Jornada Universitária pela Reforma Agrária tem como objetivo visibilizar ações de luta pela terra.”Na atual conjuntura esse é um movimento político que reafirma a resistência dos povos do campo. A juventude e os movimentos sociais são protagonista dessa ação”, afirma Antônio Marcos Nunes Bandeira, coordenação nacional do MST.

20190516_102934.jpg

Segundo Rejane Medeiros, professora do curso de licenciatura em educação no campo em Tocantinópolis e  mestrado no campus de Araguaína, esta edição do JURA foi marcada pelo participação em peso da juventude que esteve presente tanto na organização do evento como também na composição de mesas de debates.

20190518_113324.jpg

A  estudante do 5° período do curso de licenciatura em educação no campo, Josenilda Gonsalves, moradora do assentamento Primeiro de Janeiro, zona rural  de Palmeiras do Tocantins,  disse que a Jornada Universitária contribui nas conquistas em  direitos aos jovens do  campo entre elas  está o curso de licenciatura em educação no campo com habilitação em artes visuais e música no campus da UFT de Tocantinópolis em que já tem duas turmas formadas.

20190518_090253.jpg

O JURA foi promovido pela uma comissão  organizadora compostas por docentes, estudantes do curso de licenciatura em educação no campo e movimentos sociais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s